Os ímpios fogem mesmo quando ninguém os persegue, mas o justo é intrépido como o leão. (Provérbios 28.1) – Intrépido como leão. 

O que você faria se fosse dez vezes mais ousado?

Nós não podemos conquistar o que negamos enfrentar. A Bíblia deixa claro que coragem, assim como o medo, é um espírito. Diz também, que o ímpio foge mesmo quando não está sendo perseguido, mas o justo é corajoso, intrépido, ousado como o leão.

Nós somos comparados ao leão. As últimas palavras de Davi para o filho Salomão foram: Tenha coragem e seja homem. Essas foram as últimas palavras de um pai para o filho.

Os corajosos jamais permitirão que o medo lhes diga o que fazer. O medo não determina absolutamente nada na vida dos corajosos. Deus não espera que Seus filhos esperem de forma passiva aquilo que sonham, mas que se levantem e ajam a fé.

A incredulidade é o fundamento do pecado e é preciso sair desse lugar; e o medo é prova de incredulidade, porque é um tipo de fé. O sobrenatural é vivido após uma reação ousada de fé. Jamais viveremos a grandeza de Deus se não crermos nela. Como vamos viver algo grande sem dar passos arriscados de fé? Tudo começa assumindo riscos.

Quando Jesus foi curar o cego de Betsaida, Ele o tirou do povoado e depois lhe disse que não voltasse lá, porque Betsaida era um lugar de incredulidade e a incredulidade cega. A Bíblia diz, que o deus desta era cegou o entendimento dos incrédulos. Se quisermos viver coisas incomuns, não será fazendo o que é comum. Precisamos agir nossa fé de forma ousada.

Os quatro homens que desceram o paralítico numa maca por um buraco no telhado para conseguirem se aproximar de Jesus, não puderam entrar pela porta, mas não se deram por vencidos, agiram a fé de forma ousada e corajosa abrindo aquele buraco no telhado. Eu amo quando leio em Marcos 2.5: …vendo a fé que eles tinham…  Jesus não os viuViu a fé deles! Sem dúvida alguma, se nós não fizermos algo novo não viveremos algo novo! O versículo 12 termina com todos atônitos glorificando a Deus e dizendo: Nunca vimos nada igual. O que aqueles quatro homens fizeram não foi e não é algo comum; fizeram o incomum e viveram o que todos disseram: Nunca vimos nada igual.

Intrépido como leão – Edição de  Setembro de 2020

 Bispa Cléo Ribeiro Rossafa

Líder Espiritual do Ministério Mudança de Vida

 Hoje:

Jornal: Intrépido como leão – Intrépido como leão – Intrépido como leão – Intrépido como leão – Intrépido como leão – Intrépido como leão – Intrépido como leão – Intrépido como leão – Intrépido como leão – Intrépido como leão – Intrépido como leão – Intrépido como leão – Intrépido como leão – Intrépido como leão – Intrépido como leão – Intrépido como leão – Intrépido como leão – Intrépido como leão – Intrépido como leão – Intrépido como leão – Intrépido como leão – Intrépido como leão – Intrépido como leão – Intrépido como leão.


Link.: Intrépido como leão

Titulo: Intrépido como leão – Edição de  Setembro de 2020

Vida Hoje

Ano:

Palavra:

Diariamente para todo o Brasil – Conheça o Ministério Mudança de Vida, acesse

Bispa Cléo Ribeiro Rossafa

Link.: Nossa loja MMV

  • ademais
  • afinal
  • aliás
  • analogamente
  • anteriormente
  • assim
  • certamente
  • conforme
  • a fim de, a fim de que, a menos que, a princípio, a saber
  • acima de tudo
  • ainda assim
  • não apenas … , como também … não só … , bem como …  não só … , como também …  não só … , mas também …

Líder Espiritual do Ministério Mudança de Vida

Palavra de

Vida e Fé:

Intrépido como leão - Edição setembro de 2020

52 Dias - Bispa Cléo

Intrépido como leão

Os ímpios fogem mesmo quando ninguém os persegue, mas o justo é intrépido como o leão. (Provérbios 28.1). 

O que você faria se fosse dez vezes mais ousado?

Nós não podemos conquistar o que negamos enfrentar. A Bíblia deixa claro que coragem, assim como o medo, é um espírito. Diz também, que o ímpio foge mesmo quando não está sendo perseguido, mas o justo é corajoso, intrépido, ousado como o leão.

Nós somos comparados ao leão. As últimas palavras de Davi para o filho Salomão foram: Tenha coragem e seja homem. Essas foram as últimas palavras de um pai para o filho.

Os corajosos jamais permitirão que o medo lhes diga o que fazer. O medo não determina absolutamente nada na vida dos corajosos. Deus não espera que Seus filhos esperem de forma passiva aquilo que sonham, mas que se levantem e ajam a fé.

A incredulidade é o fundamento do pecado e é preciso sair desse lugar; e o medo é prova de incredulidade, porque é um tipo de fé. O sobrenatural é vivido após uma reação ousada de fé. Jamais viveremos a grandeza de Deus se não crermos nela. Como vamos viver algo grande sem dar passos arriscados de fé? Tudo começa assumindo riscos.

Quando Jesus foi curar o cego de Betsaida, Ele o tirou do povoado e depois lhe disse que não voltasse lá, porque Betsaida era um lugar de incredulidade e a incredulidade cega. A Bíblia diz, que o deus desta era cegou o entendimento dos incrédulos. Se quisermos viver coisas incomuns, não será fazendo o que é comum. Precisamos agir nossa fé de forma ousada.

Os quatro homens que desceram o paralítico numa maca por um buraco no telhado para conseguirem se aproximar de Jesus, não puderam entrar pela porta, mas não se deram por vencidos, agiram a fé de forma ousada e corajosa abrindo aquele buraco no telhado. Eu amo quando leio em Marcos 2.5: …vendo a fé que eles tinham…  Jesus não os viuViu a fé deles! Sem dúvida alguma, se nós não fizermos algo novo não viveremos algo novo! O versículo 12 termina com todos atônitos glorificando a Deus e dizendo: Nunca vimos nada igual. O que aqueles quatro homens fizeram não foi e não é algo comum; fizeram o incomum e viveram o que todos disseram: Nunca vimos nada igual.

Como vamos viver o sobrenatural se não nos arriscarmos? Ouço pessoas dizerem que querem viver algo grande, mas temem fazer algo grande; temem que algo dê errado! Pedro teve a coragem de sair do barco e, por isso, andou sobre as águas. Eles estavam indo para outro lado e uma tempestade os assombrou. O diabo sempre vai tentar nos impedir de chegar do outro lado, mas é uma decisão: ceder para a pressão ou romper. Se Pedro não tivesse saído do barco não teria andado sobre as águas.

Nós temos que ter a coragem de dizer “não” para o diabo, entender que tudo que tem grande valor terá um custo e vai demandar uma atitude diferenciada. Infelizmente, nem todo mundo está disposto a andar uma milha a mais e fazer o inusitado, mas quando se quer realmente algo, esgota-se todas as possibilidades e enquanto há um meio de lutar, a pessoa insiste.

Para mim é muito forte a atitude dos quatro homens que desceram o paralítico pelo buraco; é uma questão de mentalidade. Creio que eles devem ter pensado: Já chegamos até aqui e isso não vai ficar assim; vamos chegar até Jesus! Foi a fé que fez com que eles agissem dessa forma.

A verdade é que são muitos os que agem passivamente, que estão adormecidos na fé, atados, acostumados com as coisas espirituais. Os quatro homens poderiam ter colocado até Deus diante do obstáculo, dizendo: Provavelmente, não é a vontade d’Ele, porque fizemos tudo! Mas, eles provaram que ainda tinha mais a ser feito, ou seja, uma vontade maior de vencer. Se você quer vencer não pode permitir que os obstáculos sejam impedimentos. Eu creio que Deus está esperando que Seus filhos sejam corajosos o bastante tanto para abrirem os telhados da vida como para saírem dos barcos.

Diante de muita pressão e ameaças, ao invés dos discípulos se renderem, eles oraram pedindo a Deus mais ousadia para que pudessem anunciar a Palavra corajosamente. É incrível! Deus Se agradou tanto da oração deles que, quando acabaram de orar, o lugar tremeu e nada pôde impedi-los. Agora, Senhor, considera as ameaças deles e capacita os teus servos para anunciarem a tua Palavra corajosamente – há versão que traduz “corajosamente”, como ousadia. 

Estende a tua mão para curar e realizar sinais e maravilhas por meio do nome do teu santo servo Jesus.

 Depois de orarem, tremeu o lugar em que estavam reunidos; todos ficaram cheios do Espírito Santo e anunciavam, corajosamente, a Palavra de Deus (Atos 4.29 ao 31).

Quando Elias lançou o espírito sobre Eliseu para segui-lo, Eliseu tinha uma vida estabelecida, mas teve a coragem de romper, fechar um ciclo e seguir o chamado. Se não tivesse tomado a decisão ousada, corajosa não teria recebido a porção dobrada do espírito de Elias e, consequentemente, não teria realizado o dobro de milagres, não teria sido a maior autoridade profética dos seus dias que contagia a todos nós até hoje.

Quando Davi foi conquistar Jerusalém, a cidade estava sob o domínio dos jebuseus que foram ofensivos, zombaram e disseram que Davi não entraria lá. Se Davi tivesse cedido àquela pressão ofensiva e às piadas, ele não teria enfrentado a todos eles e conquistado aquele lugar que passou a ser chamado “Cidade de Davi”, “Fortaleza de Sião”. A Bíblia diz que a cada dia ele se tornava mais poderoso, porque o Senhor estava com ele. Deus pôde ser com Davi, porque ele creu e, corajosamente, guerreou suas guerras. Disseram a Davi: Você não entrará aqui. 

No entanto, Davi conquistou a fortaleza de Sião, a cidade de Davi. E Davi ia se tornando cada vez mais poderoso, pois o Senhor dos exércitos estava com ele (1Crônicas 11.5 ao 9). 

Quando o diabo disser que você não pode… ignore! Não permita que algo o intimide. Os justos são corajosos, intrépidos como o leão. Se Deus é por nós – como diz a Bíblia – ninguém pode ser contra. Operando o Senhor ninguém pode impedir. Tudo podemos n’Aquele que nos fortalece. Não recebemos espírito de medo, mas de poder, de coragem! Os pensamentos de Deus para nós são de paz.

 Precisamos crer no que diz a Bíblia, cooperar com Deus, fazer aquilo que nos cabe que é enfrentar, avançar e não nos render a nenhuma ameaça. A Palavra de Deus nos assegura vitória. Saia e aja como autoridade que você é.

Você é o sal que conserva, é a luz que ilumina, é a resposta para os problemas deste mundo. Você tem a solução para quem está sofrendo.

A Bíblia diz que nós vamos julgar o mundo, os anjos; que somos cabeça e não cauda. Jesus também ensinou que não se esconde uma cidade atrás dos montes e que não se acende uma candeia e a seguir esconde-a dentro de uma vasilha.

Levante-se com ousadia! Você tem tudo a seu favor! Deus diz que Ele está do seu lado e que você é como a “menina dos olhos” d’Ele.

Encontramos diversas vezes: “Não temas”. Deus tem mais para todos nós, mas é preciso uma reação de fé. O Espírito Santo está impulsionando você a dar uma arrancada! Faça a sua parte, porque Ele não falha na d’Ele. Você é muito mais forte do que pensa e Ele espera que avance na fé.

Lembre-se: Vendo a fé que eles tinham! Deus responde a fé. Seja arrojado, você tem potencial para muito mais.

Conte com as minhas orações sempre.  

Bispa Cléo Ribeiro Rossafa
Líder Espiritual do Ministério Mudança de Vida

Mensagem diária

O poder da ressurreição está sobre nós. Não há o que temer! O mesmo poder que levantou Jesus dos mortos vivem em nós! Creia nisso e viva essa fé !!!

Artigos:

Leia-os por inteiro!

Mudança de Vida - 52 dias - edição julho 2019

Mudança de Vida

Mudança de Vida é um livro escrito durante um período de reclusão total absoluta que Cléo Ribeiro Rossafa fez em jejum e oração, 41 dias e 40 noites ininterruptos. Foi totalmente direcionada pelo Espírito Santo, Companheiro Superior, Absoluto, pois nessa reclusão Ele foi sua Única Companhia. Vá em frente nesta leitura! Acredite que o Deus da Bíblia transforma vidas hoje!
Desperte O Gigante Chamado Fé - 52 dias -edição julho 2019

Desperte O Gigante Chamado Fé

Nada poderá detê-lo! Nada poderá impedi-lo de conquistar o que quiser. A autora, diante de uma trágica situação vivida ainda muito jovem, situação de dor, pela qual verteu lagrimas incontidas nos pés do senhor Jesus, explodiu-se em fé viva, fé ardente, fé que remove montanhas e conseguiu do excelso Criador a grande bênção da vitória.

Fácil localização, dispõe de amplo estacionamento com lanchonete e livraria.

Compartilhe nas redes sociais.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp